7 animais mais fofos que existem (segundo a ciência)

O mundo é um lugar complexo. O planeta Terra tem mais de quatro bilhões de anos e já foi abrigo de muitas formas de vida. Segundo estimativas científicas, existem por volta de 7,7 milhões de espécies no planeta Terra, sendo quase 1 milhão catalogadas.

O reino animal é cheio de coisas interessantes. A natureza vive nos surpreendendo, tanto na fauna como na flora. E a maioria das pessoas vai concordar que os animais fofos são uma boa surpresa da natureza. O que consideramos fofo é determinado pela nossa evolução. E é isso que garante que prestemos atenção nos bebês humanos.

Essa fofura se espalhou para quase todos os animais que, na maioria das vezes, tendem a atrair nossa atenção para os seus filhotes. Para que um animal seja fofo, ele precisa ter características que ativem nosso sistema mesocorticolímbico que nos faça gritar de alegria. Mostramos aqui os animais mais fofos.

1 – Coala

O motivo desses animais serem tão fofos é sua cabeça arredondada. Esses marsupiais da Austrália são considerados fofos pela maioria das pessoas, mas são animais que devem ser evitados. Isso por causa dos seus dentes e garras afiadas, que eles podem usar quando se sentirem ameaçados.

Os coalas estão entre os animais ameaçados. E os números baixaram ainda mais depois da temporada de incêndios na Austrália esse ano. Mas mesmo com essa perda generalizada de seu habitat, a sobrevivência desse animal pode ser ajudada pelo simples fato de ele ser fofo.

2 – Polvos dumbo

A característica que faz esse animal ser fofo são seus olhos grandes com outras partes diminuídas. Essa espécie foi descoberta em 2015. Eles são rosa brilhante, tem tentáculos grossos e olhos grandes. E o habitat natural desse polvo é o fundo do mar. Esse chamado polvo dumbo tem grandes abas que são parecidas com as orelhas do personagem da Disney.

3 – Leitões

Os narizes pequenos e os olhos grandes dos leitões fazem com que os achemos fofinhos. E um problema grande é que as pessoas adotam um leitãozinho, mas quando ele cresce ele passa de um animal fofo e pequeno para um enorme. Os leitões tem características parecidas com as dos bebês que nos fazem prestar atenção neles. Sendo pequeno, focinho curto com nariz aumentado, cabeça e olhos grandes se comparado com o resto do corpo e um rosto arredondado.

4 – Raposa-do-deserto

Essa pequena raposa é fofa por conta do seu pequeno tamanho e orelhas grandes. Ela é uma espécie pequena nativa do deserto do Saara e da península do Sinai. E graças à suas orelhas eles são adaptados ao ambiente do deserto. Nos mamíferos, quanto mais velhos mais capazes de dissipar o calor eles são.

As orelhas não são a única adaptação para a vida no deserto dessa raposa. Os rins e seu pelo também são adaptados para dar a elas a sobrevivência em lugares com pouca água e muito quente.

5 – Panda vermelho

Esse animal é considerado fofo pelos seus olhos grandes e escuros e rosto arredondado. A primeira vez que esse panda foi descrito foi em  1825 por Frederic Cuvier. E ele descreveu o animal como “o mamífero mais bonito que existe”. Nos últimos anos ele foi descrito de várias formas.

E Seth Meyer provavelmente disse a melhor definição quando ele falou “eles são como uma raposa, um guaxinim, um urso, um cachorro e um gato. Eles são como todos animais fofos em um”.

6 – Lontras marinhas

As lontras são fofas por conta do seu comportamento social, seus olhos grandes e narizes e rostos arredondados. Mesmo que as características físicas ajudem na fofura desses animais, é o seu comportamento social que leva as pessoas aos zoológicos para vê-las. Elas se abraçam enquanto dormem. E isso é uma forma de sobrevivência e os mantém juntos para não se afastarem.

Elas também são conhecidas por brincar com brinquedos quando estão em cativeiro ou então brinquedos improvisados na natureza.

7 – Quokka

Esse animal é fofo porque sorri, tem olhos arregalados e um focinho pontudo. Eles são pequenos marsupiais da mesma família que os cangurus nativos do sudoeste da Austrália. E foi sua expressão facial, que se parece com um sorriso, que fez com que ele ficasse muito conhecido.

Geralmente, os quokka não tem medo de humanos. E seu “sorriso” os deu o título de “animal  mais feliz do mundo”. E por mais que sejam fofos, não devem ser tirados da natureza. Até porque eles estão na lista de animais mais vulneráveis.

Fonte: Fatos

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Vida em Equilíbrio

Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.