ArtigosSaúde

10 efeitos da falta e excesso de sol na nossa saúde

O sol é a estrela central do nosso Sistema Solar. E todos os outros corpos desse sistema, como por exemplo planetas, planetas anões, asteroides e cometas giram em torno dele. Ele é a estrela mais próxima da Terra e pertence à classe espectral G. Essa estrela é mediana em relação às outras.

Nossa vida só é possível graças à luz que vem do sol. Além de nos manter aquecidos, existem várias vantagens relacionadas com a exposição dos raios solares. Contudo, mesmo nos dando vários benefícios, ficar no sol, por muito tempo sem proteção, pode acarretar problemas.

Mostramos aqui alguns dos efeitos que a falta e o excesso de sol podem causar na vida e saúde.

1 – Vitamina D

A luz solar é a principal fonte dessa vitamina. Quando nossa pele é exposta ao sol, ela produz vitamina D a partir do colesterol. Essa vitamina vinda do sol tem várias funções para o corpo e é essencial para a saúde.

2 – Cálcio e fosfato

A vitamina D também ajuda a regular os níveis de cálcio e fosfato no organismo. Esses nutrientes são extremamente importantes para manter os ossos e os músculos saudáveis.

Publicidade
continue a leitura

3 – Humor

Se expor aos raios solares também tem outro ponto positivo que é a melhora do humor. Os raios do sol dão calor e luz, e isso estimula a sensação geral de bem-estar. Além disso, a luz do sol também pode estimular a circulação do sangue e isso aumenta os níveis de energia no corpo.

4 – Ciclo sono-vigília

A exposição ao sol também está relacionada com o momento de síntese de melatonina. Ela é um hormônio que regula esse ciclo sono-vigília. Além dele, a luz do sol também é responsável pela manutenção dos ritmos circadianos normais e robustos.

5 – Prevenir obesidade

O UV presente na luz solar não dá apenas vitamina D ao corpo. Ele também é uma fonte vital de óxido nítrico, que é essencial para o corpo e funciona como uma ferramenta para regular importantes processos fisiológicos. Como por exemplo a circulação sanguínea e o metabolismo.

E uma exposição adequada ao óxido nítrico do sol vai ajudar a manter o metabolismo funcionando sem nenhum problema.

6 – Cegueira da neve

A luz do sol pode acabar induzindo a chamada cegueira da neve ou fotoceratite. Essa é uma condição ocular bem dolorosa, que é causada pela exposição dos olhos, que não foram bem protegidos, aos raios UV. E o reflexo da neve e do gelo aumentam a intensidade desses raios.

7 –  Doença cardíaca

Segundo pesquisas, a deficiência de vitamina D nos homens faz com que eles fiquem duas vezes mais propensos a desenvolverem doenças cardíacas.

8 – Não existe bronzeamento saudável

Não importa em que grau, bronzeamento saudável não existe. A pele vai produzindo pigmento de cor escura, a melanina, como uma forma de escudo contra os danos causados pela radiação UV.

Contundo, não existe uma defesa contra os danos UV a longo prazo. Como por exemplo, o câncer de pele.

9 – Câncer de pele

A exposição prolongada ao sol está relacionada a vários problemas de saúde. Mais de 90% dos casos de câncer de pele são causados pela exposição à radiação UV do sol.

10 – Envelhecimento da pele

Ficar muito exposto ao sol também está relacionado com o envelhecimento da pele. Esse processo é chamado de fotoenvelhecimento. Os primeiros sintomas incluem o aparecimento de rugas em volta dos olhos, boca e testa. Além da perda da cor e preenchimento dos lábios.


Vida em Equilíbrio

Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *