ImagensVídeos

As melhores ilusões de ótica de 2019 podem te fazer questionar a realidade

A pergunta acerca do conhecimento da realidade sempre permeou àqueles inquietos com a vida, não atoa encontramos tantos escritos buscando estabelecer o que podemos conhecer e como podemos fazê-lo.

Estamos constantemente à mercê de nossas ferramentas; nossos sentidos, nossa capacidade cerebral, nossa disposição etc. No entanto, nossos sentidos nos enganam e nos fazem afirmar situações que não afirmaríamos se tivéssemos pleno controle  das verdades do mundo (Se é que elas existem, mas isso é outra questão).

O ponto aqui é que a ilusão de ótica é uma ótima maneira de percebermos o quão facilmente somos enganados por nossas percepções, mas nesse caso, o legal é exatamente isso; o engano delas proveniente.

Então, sem mais delongas, vamos conhecê-las:

1. Mudança de cor, de Haruaki Fukuda

Esta ilusão de ótica é a prova que a nossa percepção de cor é bastante subjetiva. Haruaki Fukuda, da Universidade de Tóquio, demonstra com a ajuda de bolinhas em movimento que enxergamos cores diferentes de acordo com o movimento dos objetos.

Quando você começar a observar o vídeo, provavelmente vai ver bolinhas verdes e vermelhas se movimentando de cima para baixo. Você então deve fazer um esforço para tentar visualizar as bolinhas como se elas estivessem indo da esquerda para a direita, e elas vão parecer se mover muito mais rápido, misturando as cores e resultando em amarelo.

Este é um ótimo exemplo de como os milhões de pixels na tela LCD são usados para manipular a nossa visão.

2. Ilusão do eixo duplo, de Frank Force

Esta ilusão de ótica é a mais impressionante de todas porque é possível visualizar quatro movimentos diferentes dependendo de onde você olha. A primeira questão é: o eixo da rotação é horizontal ou vertical? A segunda questão é: está girando no sentido horário ou no sentido anti-horário?

3. Círculos que se movimentam, de Mruczek e Caplovitz

Este é um tipo de ilusão em que o movimento de objetos próximos influencia na nossa percepção do movimento de outro objeto.

Na ilusão criada por Ryan Mruczek e Gideon Caplovitz, um pequeno círculo que se move em um caminho perfeitamente circular parece estar se movendo apenas para cima e para baixo, ou apenas para os lados, ou então formando um triângulo. Na verdade a movimentação do círculo menor sempre é a mesma, o que muda é a movimentação dos outros círculos grandes.

Para o efeito dar certo, é importante seguir a orientação do narrador: mantenha o olhar sempre fixo no ponto branco.

GIZ MODO/Hypescience 

Vida em Equilíbrio

Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *