Artigos

5 lições filosóficas que podem ajudar sua vida

Você já viu alguém perguntando sobre a utilidade da História ou Geografia? Provavelmente não, mas quando falamos de Filosofia, logo surge alguma visão errônea sobre o que se trata, e isso faz muitas pessoas perderem o interesse ou até acreditarem que a Filosofia não tem nada a proporcionar, no entanto, pensar dessa forma pode ser um erro, já que podemos sempre pegar algo de significativo de tal área do conhecimento.

“O filosofar parte fundamentalmente de uma abertura nossa com relação ao mundo que nos circunda e envolve, bem como para as dúvidas, interrogações que surgem a partir dessa relação. Quanto mais nos deixamos envolver pela admiração com a grandeza e a complexidade do cosmos, quanto mais nos admiramos do quão pouco realmente sabemos e do quanto ainda precisamos saber, tanto mais podemos dar o passo fundamental para o exercício do filosofar”   – Robinson dos Santos, Filosofia Uma Breve Introdução

Abaixo listamos de uma forma básica algumas lições para você que gosta ou não de Filosofia.

1. “Procure sempre uma ocupação; quando o tiver não pense em outra coisa além de procurar fazê-lo bem feito”.  – Tales de Mileto

Estamos vivendo rapidamente, fazemos muitas coisas ao mesmo tempo, mas não nos dedicamos inteiramente à nada. A correria torna-se um hábito, ter somente uma ocupação acaba sendo raro, mas nem sequer nos damos conta do quão perigoso isso pode ser.

Há quem dirija falando ao celular, há quem estude conversando no facebook e há quem perde tempo acreditando que fazer muitas coisas ao mesmo tempo pode ser sempre uma boa opção.

2. “Tente mover o mundo – o primeiro passo será mover a si mesmo”. – Platão

Já falamos em outra publicação da importância de procurarmos o autoaperfeiçoamento, mas parece que Platão há muito tempo atrás já falava coisas similares.

3. “Não é tanto o que fazemos, mas o motivo pelo qual fazemos que determina a bondade ou a malícia”. – Santo Agostinho

Quais são seus motivos? Ou em termos kantianos; Quais são seus princípios? Suas intenções para as ações?

4. “Deve-se evitar toda “precipitação” e todo o ” preconceito” ao se analisar um assunto e só ter por verdadeiro o que for claro e distinto”. René Descartes

Você parou para pensar em tudo o que deixou de conhecer profundamento devido ao preconceito? Em quantas opiniões equivocadas já teve por obter satisfação com a superfície?

5. “Após ter se livrado de todas as possíveis pretensões, retornando à existência tal como é, o homem pode alcançar a tranquilidade que constitui a base da felicidade humana. Porque essa calma é necessária para que o presente seja suportável e, portanto, a vida inteira. Para tal fim, deveríamos sempre ter em mente que o hoje só vem uma vez e nunca mais. Porém, imaginamos que voltará amanhã; todavia, amanhã é outro dia que também só virá uma vez. Esquecemos que cada dia é uma parte integral e, por conseguinte, insubstituível da vida, e a encaramos como se fosse uma noção ou nome coletivo em que não há prejuízo se um dos indivíduos que abarca for destruído”. – Arthur Schopenhauer 

Não perca tempo, viva o agora.


Isadora Tabordes

Fundadora dos sites Vida em Equilíbrio e Demasiado Humano. Graduada em Filosofia pela Universidade Federal de Pelotas. Atualmente é mestranda em Filosofia Moral e Política pela mesma universidade, trabalhando questões sobre o conceito de liberdade com ênfase no idealismo alemão.  Isadora também está presente no Youtube através do seu canal Relatos de Motocicleta.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *