Psicologia

Brasil: Um sistema ainda feudalista ou uma democracia em hiato ?

Se nos Estados Unidos há o sonho americano que seria uma família bem abastada, vivendo em harmonia em um país em harmonia, podemos dizer que em solo brasileiro nosso sonho verde e amarelo seria  todos os povos, grupos étnicos, vivendo como um único povo em prol do desenvolvimento nacional; pois somos conhecidos como país camarada, hospitaleiro, que aceita a todos….porém o que temos visto e vivido nesses últimos tempos foi a polarização cada vez maior dos povos brasileiros, não conseguimos viver com a diversidade e bem menos podemos instalar um sistema conservador, na qual partimos do princípio que conservar é manter um padrão, uma tradição, só que em se tratando de Brasil temos vários povos, vários grupos étnico, várias culturas, várias crenças vigentes, ou seja não há um padrão nítido, o que há são forças predominantes tentando oprimir outros grupos com menor poder de influência.

Começando pela fé, é nítida que o cristianismo europeu é a religião com maior dominância no país, no entanto religiões e cultura de origem afro e indígena, (inclusive o nome “Brasil” vem do idioma Tupi que significa “Vermelho como uma brasa”, na qual …”Ele se refere à cor vermelha de uma madeira usada para tingir tecidos que os portugueses encontraram no país – o pau-brasil.”¹) tem influência na cultura nacional, como em fevereiro pular as 7 ondas da Deusa Iemanjá que é ligada a cultura afro, comidas como a canjica, que é um prato cultivado pelos índios Tupinambá, observamos essa variedade cultural no cenário nacional, porém, nos últimos 5 anos vemos uma crescente onda de violência  contra diversas culturas.

Pastores que agem como aiatolás. Intolerância religiosa nas ruas. Conheça a fúria dos fundamentalistas que ameaçam as liberdades individuais – e as próprias igrejas evangélicas.²

Artigo da revista Super Interessante de 2015

O título do artigo já é de conhecimento popular, onde aponta um comportamento padrão de líderes e membros de igrejas evangélicas, de intolerância contras outras crenças e culturas, infringindo o art.19 da Constituição que garante que o país é laico, ou seja não há uma religião oficial, ficando a liberdade de escolha individual qual crença seguir, ou até seguir não seguir nenhuma crença, A laicidade porém claramente mostra-se  ameaçada em nosso país… Temos um congresso  retrógrado e dito “conservador”, com forte  interferência de uma  bancada evangélica, que quase em sua totalidade é composta por representantes com casos de escândalos em corrupção e outros escândalos, mas não entremos em maiores detalhes…

Grupos sociais como de pessoas de origem afro-brasileira, crenças africanas, comunidade LGBT, indie (os novos hippies), tem buscado fortificar sua identidade e enfrentam uma forte opressão pelos dominantes financeiramente e hierarquicamente, e estes grupos ainda enfrentam as estigmatização, ( Ação de recriminar alguém), sendo rotulados de acordo com suas características ou origem, fazendo assim um paralelo com o sistema feudalista na europa no Sec.XII, onde de acordo com sua origem, esta  impunha sua condição e sua realidade. Séculos passaram-se e chega até  nós o sistema mundialmente mais próximo de um consenso social: A democracia, ou o poder que emana do povo, onde o povo teria liberdade de se assumir suas identidades, porém, o que vemos no cenário social aind alguns resquícios do feudalismo, ainda associamos o afro como ignorante, como  o pobre, o incapaz, o inferior, ainda faze-no piada ofensiva contra elemento da regiões afro, como “coisa do diabo”, contra regliões pagã, associam-se a comunidade LGBT como grupo ligado a prostituição, os indies como vagabundo, vadios, o mais agravante é quando esses grupos por falta de orientação, liderança acabam  alguns por sí mesmos associando-se a tais estigmatizações por causa de sua origem ou aspectos culturais e sociais.

Mas como já dizia Lulu Santos…

“Assim caminha a humanidade
Com passos de formiga”³

Realmente levará um tempo para sermos vários grupos étnicos, sociais vivendo como um em prol do progresso, mas para isso é necessário conscientizar-nos, discutir essas questões, enfrentarmos as opressões que estigmatiza-nos.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

1.https://www.terra.com.br/diversao/arte-e-cultura/sabia-que-o-nome-brasil-vem-de-vermelho-como-brasa,f7f03d04079e54f71c1a7379e32de42egfgbquoy.html

  1. 2. https://super.abril.com.br/historia/extremismo-evangelico/
  2. https://www.letras.mus.br/lulu-santos/35065/

 

 


João de Jesus

João de Jesus

Graduando em Letras Licenciatura e suas respectivas Literaturas Amante das artes; Literatura, Música e Cinema. Uma boa conversa com um cafezinho, está perfeito ! "A força da evolução é infinitamente maior que os obstáculos que impendem o caminho." Efeito Sombra

Comentários

Comentários

2 comentários sobre “Brasil: Um sistema ainda feudalista ou uma democracia em hiato ?

  1. We are so glad to have found this web blog, it’s really everything I have been searching for. The information on the web page is definitely needed and is going to assist my friends and I a ton. It seems like the site gained a significant amount of details concerning the stuff I am interested in and the other hyper links and info definitely show it. I’m usually not on the net all of the time but when I get an opportunity I am more often than not scouring for this type of information and stuff closely related to it. I have one of my cohorts that have also assumed a liking in this because of what I have gathered about it and they will probably to visit this web site because it’s such an incredible find. I’m also facsinated in government issues and coping with the new changes in climate change. Recently I have been interested in alpha male billionaire romance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *