ArtigosPsicologia

Pesquisas recentes revelam que casais felizes engordam juntos

O peso corporal pode indicar o grau de felicidade no casamento de acordo com pesquisas recentes, ou seja, casal que engorda junto, permanece junto.

Não se sabe exatamente se é devido àquelas noites no sofá comendo pizza e assistindo TV, ou saindo para comer fora, ou ainda se é querer agradar fazendo a comida favorita dele ou trazendo de presente os doces e chocolates favoritos dela, fato é que cientistas têm encontrado relação entre felicidade conjugal e ganho de peso.

Pesquisadores do Centro Nacional de Biotecnologia, dos Estados Unidos, acompanharam 169 casais durante quatro anos, pesando-os duas vezes por ano e submetendo-os a um questionário com perguntas sobre seu grau de felicidade no casamento.

Os achados mostraram que os casais mais felizes haviam ganhado peso.

Para os estudiosos é algo plenamente explicável. Os mecanismos físicos são influenciados pelos pensamentos e sentimentos. É convenção entre a maioria dos humanos que as pessoas mais magras são mais atraentes. Então, a mente tende a ativar meios para se chegar a uma imagem o mais atraente possível para atrair um parceiro, ou seja, pessoas solteiras que procuram um parceiro, tendem a ter menos peso corporal que os casados ou aqueles que já estão em um relacionamento sério – especialmente os que são felizes – pois não sentem a necessidade de atrair outro parceiro.

Conclusões das pesquisas

Outra pesquisa também apontou outros dados interessantes:

  • Se apenas um dos cônjuges está feliz e o outro está insatisfeito na relação. O insatisfeito não ganhará peso ou, se ganhou, irá perder.
  • A associação peso-felicidade tem relação com a tendência ao divórcio: cônjuges que estavam menos satisfeitos e mais propensos a considerar o divórcio, apresentaram menos chances de ganhar peso.

Esse dado leva a uma pergunta intrigante: se meu parceiro não está ganhando peso, isso significa que ele/ela está infeliz? Certamente tais dados não devem ser levados tão a sério e nem se aplicam a todos os casais. Existem pessoas que, felizes ou tristes, comendo muito ou não, simplesmente não engordam.

O lado B da descoberta

De acordo com os cientistas do Centro Nacional de Biotecnologia, essas descobertas desafiam a ideia de que relacionamentos de qualidade sempre beneficiam a saúde, o que significa em termos práticos que os cônjuges, por não sentirem mais a necessidade de atrair outro parceiro, tornam-se relaxados em relação ao ganho de peso. Eles sugerem que os cônjuges pensem sobre seu peso em termos de saúde e não de aparência.

A associação peso-felicidade tem relação com a tendência ao divórcio: cônjuges que estavam menos satisfeitos e mais propensos a considerar o divórcio, apresentaram menos chances de ganhar peso.

Fonte: Familia


Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *