ArtigosPsicologia

9 COMPORTAMENTOS TÍPICOS DE UM PSICOPATA

A psicopatia é um construto de personalidade usado por profissionais de saúde mental para descrever indivíduos sedutores, manipuladores, emocionalmente cruéis e potencialmente criminosos. Baseando-se na frequência com que o termo é mencionado na mídia, poderíamos pensar que os psicopatas estão em todos os lugares, mas eles só representam um por cento da população. No entanto, esses indivíduos têm muito talento para esconder suas características destrutivas, já que muitos deles parecem normais e amigáveis. Porém, avaliando alguns padrões de personalidade, observando o quanto a pessoa é afetuosa e prestando atenção nos relacionamentos dela, você poderá aprender a identificar um psicopata nos seus círculos sociais.

1 – Indiferença

Psicopatas são insensíveis quando o assunto é o sentimento alheio e não demonstram empatia, ou seja: não são capazes de se colocar no lugar do outro. Isso acontece porque o cérebro de um psicopata tem conexões fracas quando o assunto envolve emoção, e ele não consegue sentir emoções de forma profunda. Psicopatas não são bons também em identificar expressões de medo.

2 – Emoções rasas

Psicopatas e até sociopatas não são capazes de sentir emoções sociais como vergonha, culpa e constrangimento, além de outros sentimentos relacionados a relações efetivas. Não sentem remorso nem vergonha e são descritos geralmente como emocionalmente superficiais.

3 – Irresponsabilidade

Psicopatas não são pessoas confiáveis e são bastante irresponsáveis, acostumados a colocar a culpa por suas ações em outras pessoas. Quando são forçados a admitir a culpa, até o fazem, mas não sentem remorso nem arrependimento.

4 – São mentirosos de carteirinha

Psicopatas são mentirosos patológicos e tendem a distorcer informações sempre que desejam, buscando o próprio prazer ou qualquer outro benefício, mesmo que seja preciso manipular outras pessoas e mentir para elas.

Para alguns pesquisadores, isso acontece devido ao que chamam de “senso superficial do significado da palavra”. Psicopatas também têm dificuldade para entender metáforas e linguagem abstrata.

5 – Confiança excessiva

São pessoas com grande autoestima e que se acham bons em tudo o que fazem – muitas vezes, têm a certeza clara de que não são apenas bons, mas os melhores do mundo.

6 – São impulsivos

Por não conseguirem analisar atitudes com a atenção necessária e também por não darem o devido valor ao que pode acontecer como consequência, os psicopatas têm um comportamento bastante impulsivo.

7 – São egoístas

É comum que psicopatas apresentem um comportamento fundamentado no que se pode chamar de um egocentrismo patológico, seguido de uma incapacidade de amar. Psicopatas sugam as pessoas que se aproximam deles e desenvolvem um comportamento parasita, tirando o máximo proveito das pessoas que fingem amar.

8 – Não conseguem fazer planos para o futuro

São pessoas que não sabem fazer planos em longo prazo, que são impulsivas e que fracassam quando o assunto envolve compromissos longos. Isso acontece porque são pessoas despreocupadas e que não sabem planejar coisas para longos períodos.

9 – São violentos

Infelizmente, a violência é outro típico comportamento de pessoas psicopatas, já que são pouco tolerantes à frustração e não conseguem conter seus rompantes de agressão e de irritabilidade. Quando não são violentos fisicamente, podem o ser de forma psicológica, já que sabem todos os pontos fracos das pessoas com quem se relacionam e são ótimos na arte de manipular.

Fonte Wikihow e Megacurioso


Vida em Equilíbrio

Para viver bem, é necessário ter a saúde corporal e mental em equilíbrio. Nossa intenção é proporcionar todo o conteúdo que irá lhe ajudar a ter uma vida mais saudável.

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *