11 verdades que o egoísmo e a inveja escondem de você

“O egoísmo causa a ignorância, a cólera e o descontrole, que são a origem dos problemas do mundo.” – Dalai Lama

1- Nada adianta você se sentir incomodado com o sucesso alheio, afinal, enquanto o outro está buscando por mais vitórias, você está preocupando-se muito com a vida dele e pouco com a sua. Desejar o mal a outra pessoa, porque ela conseguiu algo que nós não temos, não nos trará o bem que não temos, e sim o mal que não tínhamos. Insistir em fazer comparações de vida é assinar o desconforto, pois cada pessoa constrói seu caminho de uma forma. A felicidade não tem receita.

2- As pessoas e os momentos passados com elas, são mais importantes que qualquer bem material. É extremamente prejudicial colocar a ganância acima de tudo e de todos.

capaaaaaaaa-thumb-800x499-69929

3- É saudável ocupar-se um pouco com outros também, não viver unicamente para si mesmo. Não permita que o egoísmo te cegue.

4- Não vivemos sozinhos no mundo, logo é necessário existir companheirismo. Você cresce na medida em que caminha de forma solidária. Não há quem seja feliz alcançando seus objetivos passando por cima de outros.

5- Oferecer ajuda a quem precisa, buscar o caminho B, pode ser maravilhoso. Não é porque todo mundo ignora aquele homem dormindo em frente ao mercado que isso é o certo. Não é porque as coisas são assim, que devem ser assim.

“Já vivi muita coisa, e agora acho que sei o que é preciso para ser feliz. Uma vida mansa e isolada no interior com a possibilidade de ser útil a quem é fácil ser bom. Pessoas que não estão acostumadas a ser servidas. E trabalhar com algo que pode ser útil. Além de descansar, natureza, livros, música, amar seu próximo.” – Leon Tolstoi

12002328_756622527776148_370215071406880540_n

6- Aquilo que chamamos de conquistas, precisam de dedicação. Invejar o cara que toca muito bem guitarra, não irá te tornar um bom guitarrista, por exemplo. Você precisa, nesse caso, sentar a bunda na cadeira e buscar aprendizado. Amigo, essa é a solução.

7- O sucesso alcançado pelo outro, deve ser motivo de felicidade, pois o fato de alguém alcançar, abre o caminho, prova que é possível, já que necessitamos constantemente de provas para tentar algo.

8- Você está incomodado por alguém próximo ter conseguido algo, mas não está ligando para aquele que está distante ter “sucesso”.

A vida não precisa ser uma competição, você não está apostando uma corrida com o seu amigo.

9- O egoísmo te condiciona a uma vida de necessidade. Você precisa ser elogiado para sentir prazer, precisar ter o que o outro tem, precisa chegar primeiro e pegar o melhor lugar, mas percebe o quanto isso pode poluir você.

10- Pessoas egoístas não conseguem tolerar as frustrações que tanto a amizade quanto a convivência humana implicam, logo ficam mal e irritadas.

11- O egoísmo leva a pessoa a confundir pontos de vista diferentes do dela com manifestações de rejeição.

“A moral consiste em fazer prevalecer os instintos simpáticos sobre os impulsos egoístas.” – Auguste Comte

Comentários

Comentários

Sobre o autor

Isadora Tabordes

Isadora Tabordes

Cofundadora e desenvolvedora dos sites Vida em Equilíbrio e Demasiado Humano. Graduada em Filosofia pela Universidade Federal de Pelotas. Atualmente é mestranda em Filosofia Moral e Política pela mesma universidade. 

"Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.
Janelas do meu quarto, do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é...
E se soubessem quem é, o que saberiam? Fernando Pessoa